Growth Hacking vs Marketing Digital – Descubra a diferença!

Existem diferenças entre o Growth Hacking vs Marketing Digital, mas será que você as conhece?

Neste artigo vou explicar a diferença entre marketing digital e growth hacking, mostrando sobre as funções de cada um, o que é igual e o que é diferente.

Agora, antes de iniciar já vamos deixar claro um coisa:

Nem todo Marketing Digital é Growth Hacking e vice-versa.

A velocidade de evolução do marketing digital é alta e todos os dias surgem novidades, novas técnicas e melhores práticas.

O Growth Hacking é uma dessas novidades que surgiu com a amadurecimento do marketing digital e ficou conhecido pelos resultados alcançados principalmente com startups no Vale do Silício.

Hoje, marcas como Facebook, Paypal, Airbnb, Uber, Dropbox e muitas outras utilizam como base do seu crescimento o growth hacking.

Mas este não devia ser um trabalho do Marketing?

Boa pergunta!

Mas antes de chegar a esta questão voc6e precisa entender um pouco melhor sobre as responsabilidades do Marketing Digital e do Growth Hacking.

O que faz um Growth Hacker?

Growth Hacking tem como foco o crescimento rápido através de experimentos e geração de resultados.

Seu objetivo é gerar ganhos reais para o negócio em um curto espaço de tempo e com o menor investimento possível.

Para conseguir isso o growth hacker precisa ter conhecimentos abrangentes como tecnologia e marketing, análise de dados.

Conjunto de habilidades como marketing, analise de dados e tecnologia que formam um Growth Hacker

Alias, o time de growth em algumas empresas geralmente possui profissionais com cada uma destas habilidades.

O perfil de um Growth Hacker não é limitado a mais do mesmo, pelo contrário.

Uma estratégia de marketing focada na geração de resultados precisa estar aberta para todas as possibilidades, mas pautar suas decisões na baseado nas métricas.

Os dados pautam onde o growth hacker deve colocar suas energias e suas estratégias podem variar dependendo da métrica principal alinhada.

O GH não se prende a métricas de vaidade, como curtidas, visitantes no site, ou seguidores na rede social, mas sim a métrica principal, também chamada de North Star Metric, que ele precisa evoluir.

Lista de ferramentas usadas pelo Growth Hacker

Entre as estratégias e ferramentas utilizadas por um Growth Hacker, estão:

  • Marketing viral: conteúdos que se propagam facilmente com o apoio de clientes atuais da empresa para atrair novos negócios.
  • Orgânico: otimização para mecanismos de busca e melhorias no alcance das publicações não pagas. O objetivo é chegar às primeiras páginas na busca palavras-chave que importam e se manter lá.
  • Mídia Paga: foco em gerar visitas e conversões rapidamente com investimento em tráfego pago. A ideia é gerar negócios imediatamente para retorno de capital mais rápido e escalabilidade da estratégia.
  • Melhorias de produto: melhorias no produto ou serviço de forma atrair mais leads, otimizar funil de marketing e aumentar as conversões.

Ao utilizar as estratégias de marketing acima, o Growth Hacker procura por oportunidades no mercado, fazendo testes constantes até descobrir o que são realmente move seus clientes.

A otimização constante e incansável torna possível a redução dos custos e geração de mais resultados.

Qual a função do gerente de marketing digital?

Já o marketeiro digital, tem foco na promoção da marca em longo prazo e nas questões do dia-a-dia.

Os ganhos com esse profissional tendem a vir aos poucos e funcionam como consequência do trabalho, não o objetivo central como ocorre com o Growth Hacking.

Ao contrário do que acontece com um Growth Hacker, o profissional de marketing digital utiliza suas habilidades para manter o negócio produzindo resultados.

Ele atua como um gestor dento da organização, responsável por um time de profissionais ou parceiros que dão vida à estratégia digital.

Sua abordagem leva em conta os processos de marketing, mas que dividem o foco entre as atividades diários e o crescimento.

Por isso que para atingir um crescimento acelerado, dificilmente ter apenas um profissional de marketing resolve.

Com o orçamento de marketing é limitado, o negócio acaba limitado a práticas tradicionais e nem sempre escaláveis.

Existem 12 áreas do marketing digital principais que são usadas para:

  • Atração de tráfego
  • Captura de leads
  • Fidelização dos clientes
  • Construção da reputação

Todas estas ferramentas de marketing online estão a disposição dos dois profissionais.

Com o marketing digital existe um crescimento contínuo do negócio, mas em menor escala.

Conclusão: Growth Hacking vs Marketing Digital

Quadro com características do marketing digital e growth hacking explicando as diferenças entre os dois

Depois de conhecer as principais diferenças dessas abordagens, você deve estar se perguntando: qual a melhor opção para meu negócio?

Tudo depende de seu nicho de mercado e também dos resultados que deseja, bem como a velocidade de crescimento.

Embora trabalhem com ferramentas e tenham conhecimentos similares, eles tem características diferentes:

Growth Hacker

Foco no crescimento. Sua metodologia para crescimento é embasada em dados e testes sempre de olho na melhoria da métrica principal de negócio.

Marketing Digital

Seu principal objetivo é tornar a marca conhecida e conversão. Ele usa os diversos canais de midia para transformar visitantes em clientes.

Ter em andamento estratégias de marketing digital é o básico para gerar tráfego e conversões.

Coisas que todo o negócio precisa.

Mas, se você deseja um crescimento significativo e rápido, você precisa de um time de Growth Hackers.

Nunca empresas cresceram tanto e tão rapidamente como as que usaram técnicas de growth hacking.

Aproveite para saber mais sobre essa tendência, e ver como usá-la em sua empresa, no meu post Growth Hacking é o novo Marketing?

Deixe um comentário