Lista de Email Segmentada: 50 formas inteligentes de aumentar o ROI do email marketing

Você sabia que trabalhar com uma lista de email marketing segmentada é uma das melhores opções para aumentar o ROI – Retorno sobre o Investimento – e engajar mais clientes a partir de um canal muito utilizado e de baixíssimo custo?

Mais do que uma ferramenta, o email marketing é um instrumento essencial para todas as áreas e profissionais e agir através dele é uma oportunidade que merece ser conferida de perto!

Só que não pense que para ter sucesso basta digitar algumas palavras e selecionar toda a lista de email!

Para aumentar o ROI é imprescindível dedicar-se a segmentação da lista de emails, enviando apenas o que é interessante para cada lead.

As suas possíveis dúvidas:

  • Como segmentar?
  • Quais segmentações testar?
  • Que cuidados tomar?
  • E como crescer sua lista de emails?

Todas elas serão respondidas aqui!

Tudo começa em ter uma lista de email segmentada corretamente.

Nesta lista você vai encontrar 50 formas inteligentes de segmentar suas lista e descobrir quais estratégias usar a seu favor e a favor do seu negócio. Confira!

1. Sempre tenha em mente a conquista de novos assinantes

Os novos assinantes devem ser tratados de um modo diferenciado do restante da lista, pois ainda não conhecem o negócio.

Fazer uma apresentação encantadora é de fundamental importância já no email de boas-vindas que pode, entre outros, destacar as vantagens em ser um frequente leitor das mensagens.

2. Use as preferências do cliente a seu favor

O lead deseja receber conteúdos sobre quais assuntos?

Com qual frequência ele quer ver propagandas e promoções, por exemplo?

Segmentar a lista de email a partir das preferências do cliente o fará interagir muito mais, portanto ofereça sempre essa opção.

3. Os interesses do lead também devem ser considerados

Determinado assunto que foi publicado na sua página gerou mais engajamento com um público do que com outro?

Isso é normal, afinal os interesses dos leads são diferentes, sendo uma alternativa interessante segmentar o email por pessoas que possuem gostos semelhantes.

4. Segmente pela localização do público

Outro ponto estratégico na hora de segmentar a lista de email é a localização dos leads.

Este é um dos mais importantes para todos os negócios, mas especialmente se você é um e-commerce ou vende algum produto físico que depende da entrega.

Se você faz, por exemplo, eventos e palestras, use apenas a lista com localização próxima ao lugar convidando e informando sobre o encontro. Não desperdice mensagens com pessoas que estão fisicamente muito longe, a não ser em casos bastante específicos.

5. Confira sempre a taxa de abertura

Mais do que mandar inúmeros emails, é indispensável que você esteja sempre atento a quais são os leads que interagem com maior frequência.

A fim de segmentar pela participação direta, e buscando sempre o encantamento, que tal oferecer alguma exclusividade para estes que são top?

6. Lembre os leads inativos sobre as próximas etapas

Também é possível que a sua lista de email esteja repleta de leads inativos que não tem mais interagido ou se quer acessado a sua página.

Nessas circunstâncias, a ideia é encaminhar uma mensagem diferenciada, incentivando o lead a voltar a seguir as etapas do funil que, evidentemente, variam conforme o seu objetivo e negócio.

7. Trabalhe com ímãs na lista de email

Por que e como o internauta chegou até a sua página virtual? Qual foi o ímã que o atraiu?

Pode ser que o motivo que levou o lead até o seu site tenha sido uma oferta de conteúdo gratuito sobre determinado assunto, então que tal utilizar a mesma matéria em um email convidando-o a ter mais notícias sobre o assunto, por exemplo?

8. As recompensas também precisam ser segmentadas

Você pode oferecer recompensas em diferentes formatos, entretanto é claro que um canal ou outro acabará por atrair mais atenção devido às preferências pessoais.

Aproveite este conhecimento para segmentar a lista de emails por modelos de recompensas como listas de ebooks, listas de webinars e etc., e ofereça exatamente aquilo que o lead quer e precisa.

9. Segmente para saber a quem interessam novidades

Enquanto que alguns leads podem ser bem específicos sobre as recompensas que desejam obter da sua página, outros enumeram diferentes assuntos e temas bem como canais.

Segmentar a lista de email entre estes grupos é importante uma vez que o último costuma estar mais propício a receber informações sobre novos conteúdos e produtos.

10. Invista nos formulários que não terminaram de ser preenchidos

A partir do momento em que você tem o email do lead é possível fazer o envio de uma mensagem que tem por objetivo lembrá-lo de terminar o preenchimento de um formulário. Quer um exemplo? Os sites de pesquisa de vagas de emprego costumam emitir alerta avisando o candidato de que é necessário terminar a sua inscrição para concorrer à vaga.

11. Também se atente aos pedidos não finalizados

Uma situação recorrente em e-commerce é o cliente abandonar o carrinho de compras antes de ter finalizado o pedido.

Independente do motivo disto ter acontecido, é importante segmentar a lista de email de modo a dar uma atenção diferenciada a esses casos, indicando que ainda está em tempo de terminar o pedido e finalizar a compra.

12. Saiba trabalhar os leads que não compraram

Vale lembrar que não apenas os clientes que compraram integram a lista de email, mas também aqueles que por diferentes motivos ainda não realizaram uma compra.

Nutrir o relacionamento com esses diferentes públicos é essencial para ter uma nova oportunidade de venda.

13. Sempre utilize o histórico de compras no email marketing

Conhecer o cliente é sem dúvida o pontapé do sucesso! Por isso, invista em saber quais foram as compras e pesquisas dele e lhe ofereça produtos combinados, que possam vir a interessar, antes de simplesmente postar sua caixa no email. Com certeza isso trará bons resultados!

14. Mantenha uma lista de email segmentada pelo valor total de compras

Apesar de todos serem clientes, é claro que há uma grande diferença entre um que gastou R$ 100 e outro que gastou R$ 10.000 no seu negócio, certo?

Os clientes que mais gastam devem ser tratados com mais cuidado, visto que suas compras impactam diretamente no orçamento da empresa.

Que tal enviar um mimo ou um bônus especial?

15. Considere ainda segmentar pelo tipo de compra

Se o seu negócio oferece variedade em produtos é importante ainda fazer a segmentação da lista pelo tipo de mercadoria adquirida pelo cliente, visto que desta forma fica mais fácil lhe encaminhar ofertas mais sujeitas a interesse.

16. Mantenha-se atento a frequência de compra

O ideal é que o cliente não faça apenas uma compra, mas sim que volte várias vezes ao seu ambiente.

Desta forma, trabalhe na segmentação da lista pelos clientes mais frequentes e lhes dispare mensagens que o incentivam a participar do seu programa de fidelidade.

17. Segmentar pelo nível de satisfação do cliente também é uma oportunidade

Você tem trabalhado com o feedback do cliente?

Além de ser realmente importante, as notas dadas podem servir como instrumento para segmentar a lista de email.

Aqueles que lhe deram as melhores notas serão possivelmente seus replicadores fazendo uma propaganda boca a boca. Os que deram notas ruins devem ser tratados de modo criterioso, a fim de mudar qualquer má impressão.

18. Oriente seu email marketing a partir do ciclo de compras

Existem certos produtos e mercadorias que costumam acabar em ciclos havendo a necessidade de uma recompra, certo?

Se você tem este tipo de mercadoria, segmente suas mensagens de email de modo que sejam emitidas ao comprador um pouco antes da necessidade ser novamente percebida e o surpreenda por ser prestativo.

19. Trabalhe as etapas do funil para aumentar o ROI

Jamais massifique seus leads!

De nada adiantará um cliente recém descoberto receber emails com propostas de compra e assinatura, sem que antes ele tenha sido devidamente nutrido.

Saber trabalhar cada uma das etapas do funil é uma das bases para ter retorno.

20. Mude o envolvimento com o lead quando necessário

Pode acontecer que com a correria do dia a dia alguns leads deixem de interagir e se engajar com as suas mensagens e isso é comum a todos os negócios.

O que fará, entretanto, com que este lead retorne a ativa é o jeito criativo com que você o chama para retornar.

21. Verifique a mudança no comportamento de compra

Se o seu cliente simplesmente deixou de comprar, ainda mais em casos em que é preciso reativar assinaturas, por exemplo, é realmente importante entender o porquê.

Neste caso, mesmo que não seja para reativá-lo, encaminhe uma mensagem perguntando o motivo e use a resposta para traçar novas estratégias.

22. Segmente a lista de email pelo dispositivo

A fim de uma melhor visualização da mensagem de email enviada, faça a segmentação da lista pensando nos clientes que irão acessar a mensagem do desktop e do celular, já que a experiência é completamente diferente visto que atualmente os números de acessos são bem semelhantes merecendo ambos a devida importância.

23. Outra alternativa é segmentar pelo tipo de conta de email

Outra alternativa para segmentar a lista de email é fazer a separação pelo provedor do email, visto que a formatação das mensagens podem requerer certos cuidados e detalhes.

24. Se você tem afiliados, lembre-se de dar uma atenção especial a eles

Um dos modelos de sucesso na hora de divulgar e vender produtos de diferentes tipos hoje em dia, dar a devida importância aos afiliados é mais do que necessário para manter o ritmo de crescimento do negócio.

Destine a estes, mensagens diferenciadas e permita seu aprimoramento profissional na hora de fazer uma venda.

25. Também priorize os assinantes que lhe indicam

Outra possibilidade é trabalhar com a indicação de amigos dentro da sua página.

Os leads que participam também devem ser tratados de modo diferenciado, visto que são parceiros que impulsionam os seus negócios a crescerem.

26. Peça uma avaliação

Hoje em dia isso é bem comum nos aplicativos, mas também pode ser aplicado a muitos outros segmentos como visita a páginas de e-commerce, por exemplo.

Peça sempre para que o cliente avalie o seu serviço e obtenha assim um feedback que pode ser usado como propaganda.

27. Procure segmentar entre loja física e loja virtual

A sua empresa pode atender por diferentes canais como recebendo pedidos no ambiente físico ou no virtual.

Segmentar a lista de email considerando de onde vem os clientes também é uma oportunidade a mais para se engajar com eles.

28. Determine um valor para cada cliente e em seguida priorize

Quanto vale um cliente para você? E quanto vale determinado cliente que abre seus emails, responde sempre que possível e fecha compras com frequência?

Com certeza muito mais do que você pensou a princípio. Segmentar desta forma lhe possibilitará dar mais atenção a clientes que são evidentemente muito mais valiosos a longo prazo.

29. Acompanhe todas as atividades desenvolvidas pelo lead

O que o lead tem procurado no seu website?

Quais páginas ele tem olhado com maior frequência e quais conteúdos têm consultado?

Quanto mais controle sobre o tempo que o lead passa na página você tiver, maiores serão as oportunidades!

30. Use uma lista de email para leads inativos no website

Sabe aqueles clientes que há muito não interagem nem se quer acessam ao site? Que tal enviar a eles um email lembrando-os de resgatar um cupom de descontos ou um ebook liberado como presente? Mesmo que isso não tenha de fato acontecido, o esquecimento, essa é uma estratégia que dá certo e que reativa o lead.

31. Use corretamente o histórico de visitas

O visitante tem olhado com frequência uma página de ofertas ou um produto em específico, mas ainda não o comprou?

Que tal lhe informar sobre a existência de uma oferta então?

Mande um email dizendo que o período promocional já está acabando e obtenha bons retornos.

32. Aumente o ROI com a lista de email segmentada em buyer personas

Com certeza a sua empresa tem perfis específicos de compradores e você sabe dizer com exatidão quais são os seus clientes ideais.

Isso em marketing digital chama-se buyer personas e a segmentação da lista de emails por ela disponibiliza a oportunidade de oferecer exatamente aquilo que o cliente quer, no momento mais ideal e certo.

33. Você ainda pode segmentar pelo cargo e profissão do lead

Se você sabe minimamente algumas informações pessoais do lead também pode utilizar desses dados para segmentar.

Um exemplo clássico é a segmentação pelo cargo e profissão do lead, lhe oferecendo conteúdos verdadeiramente interessantes.

34. Leve em conta o tempo de cadastro de cada assinante

Com várias exceções, é comum que quanto mais tempo de cadastro o assinante tenha maior seja a sua confiança em contratar ou comprar algo de você.

Desta forma, é possível segmentar os leads pelo tempo de cadastro.

Aqueles recentes formam um grupo, os mais antigos outro, e assim por diante de modo que o conteúdo seja enviado em diferentes tons no email.

35. Segmentação pelo nível de expertise

O lead é um completo iniciante ou um expert no assunto que você aborda?

Fazer essa segmentação é realmente importante uma vez que não é interessante para alguém com conhecimentos básicos receber textos com formato técnico e avançado nem ao contrário, não é mesmo?

35. Use datas especiais como o aniversário para segmentar

Faça o lead se sentir querido e lhe envie mensagens no dia do seu aniversário para mostrar o quanto se importa com a data.

Também procure criar estratégias de desconto para o mês do aniversário ou lhe ofereça algum bônus na data!

36. Quando couber, use o clima e as estações como segmentações

Alguns segmentos precisam contar com agentes externos na hora de transmitir suas mensagens.

É o caso, por exemplo, de lojas virtuais de roupas que divulgam peças conforme a estação ou ainda de empresas aéreas que traçam estratégias diferenciadas durante as férias.

37. Saiba usar a psicografia a favor da sua lista de email

Quais dados do lead lhe permitem concluir como ele é, quais seus principais valores, personalidade e crenças?

Muitos negócios podem até não dar valor a isso, porém quanto mais você souber melhor será o relacionamento entre vocês e também os resultados.

38. Direcione conteúdos de acordo com a participação em eventos

Se você realiza eventos tanto presencias como palestras, quanto virtuais como webinars, segmente o público que participou para lhes encaminhar mensagens que dão continuidade ao assunto.

39. Industrialize o seu negócio

Segmente o seu público a partir das informações colhidas sobre seus próprios negócios e áreas de atuação.

Torne o seu conteúdo interessante para cada diferente lead que venha a recebê-lo.

40. Segmente a lista de email conforme o tipo de negócio do lead

Também se lembre de segmentar conforme a atividade do lead.

Veja se ele dispõe de uma loja física ou e-commerce, descubra se é uma organização com ou sem fins lucrativos e assim por diante.

41. Recompense aqueles que participaram de suas pesquisas

Não existe melhor maneira de melhorar o seu negócio do que ouvindo o que o cliente tem a falar sobre ele, por isso é importante realizar pesquisas.

Entretanto, com o dia a dia corrido, poucos leads podem dispor de seu tempo para isso, tornando interessante a ideia de recompensar aqueles que respondem aos seus questionários.

42. Informe o lead que é preciso renovar sua assinatura

Se o seu negócio requer a renovação de uma assinatura é importante relembrar o cliente disso, por isso faça a segmentação da lista de email pela data em que este contrato deverá ser renovado e encaminhe um e-mail com algum tempo de antecedência.

43. Lembre-se ainda de segmentar entre os que participam dos webinars e os que não participam

Os conteúdos enviados depois de um webinar precisam ser diferentes e é justamente por isso a importância de fazer uma correta segmentação.

Para aqueles que participaram vale a pena fazer um review do conteúdo e para os que não participaram a dica é comentar sobre quando haverá uma nova oportunidade de participar.

44. Torne parte da sua lista de email em usuários VIP

Reserve cerca de 1% dos emails cadastrados para serem tratados como VIPs, tendo acesso a conteúdos exclusivos e outros bônus.

E não se esqueça: Essa pequena porcentagem deve ser escolhida com base em dados de compra e de engajamento.

45. Também faça uma lista de email segmentada por gênero

Entre as segmentações mais simples da lista de email está a divisão por gêneros – homens e mulheres – visto que certos assuntos podem interessar mais a um grupo do que ao outro.

Não abra mão de trabalhar com este tipo de segmentação também, aliada a outros modelos.

46. Não deixe a idade de lado

Também é válido fazer esta divisão por idade, afinal sua página pode atrair pessoas de 16 a 60 anos, ou com mais diferença ainda, não sendo interessante uma emissão geral de conteúdos mais sim segmentados.

47. Quando possível, segmente pela renda

Se em seu formulário houver espaço para preenchimento da renda e o lead o fizer, procure segmentar também por esta informação visto que ela é muito importante para determinar o perfil do lead.

48. Qual o nível de escolaridade do lead? Use este dado para segmentar

Outra informação verdadeiramente importante e que vai lhe ajudar a desenvolver, e aplicar estratégias através do email, é a segmentação pelo nível de escolaridade.

Seus leads são formados no ensino básico? Começaram e terminaram a faculdade? São pós-graduados? Obtenha a resposta e segmente!

49. Quando couber, segmente entre empregados e desempregados

Dentre todas essas dicas de email marketing para fazer a segmentação e aumentar o ROI, a última estratégia é segmentar o seu público entre empregados e desempregados, a fim de garantir o máximo do aproveitamento das mensagens enviadas. Não deixe de fazer quando cabível!

Por qual das 50 formas de fazer uma lista de email segmentada você vai começar? Qual delas vai impulsionar mais o ROI da sua empresa?

Vale a pena ressaltar que é sempre importante considerar o seu tipo de negócio antes de qualquer coisa, certo?

Para acompanhar mais dicas como esta e expandir seu negócio, aproveite para se cadastrar na Lista VIP e receba primeiro os conteúdos aqui publicados!