100 Técnicas de Growth Hacking

Pensar fora da caixa, esta é uma das definições mais simples de growth hacking. Você sabe o que é isso? Conhece as técnicas de growth hacking que mais tem ajudado empresas e profissionais a crescer em meio ao mercado atual que, vale citar, é basicamente digital?

Em resumo, growth hacking é uma metodologia orientada a experimentos. Como a própria tradução sugere, “growth”, significa crescimento, algo que toda empresa busca cotidianamente. Antes de prosseguir, aproveite para saber mais detalhes sobre o que é growth hacking.

Repleto de estratégias, neste artigo você encontra uma lista com as melhores Técnicas de Growth Hacking para conhecer, experimentar e ver resultados.

Vale destacar que cada uma das estratégias está posicionada dentro de um momento específico do funil growt hacking, sendo este subdividido em quatro etapas: Atração, Ativação, Retenção, Rentabilização e Indicação.

Veja a seguir uma a uma dessas técnicas e determine, desde já, aquelas que devem ser postas em prática primeiro dentro do seu negócio digital! Compare o antes e o depois e descubra a grande oportunidade por trás do pensamento growth hacking!

Atração

1. Construa e divulgue a sua marca

A primeira técnica growth hacking é construir da melhor forma possível a marca do seu negócio e torná-la visível a todos. Trabalhe com cuidado em cada pormenor e não deixe nenhum mero detalhe de fora. Faça essa construção sempre lembrando sobre quem é o seu público e sobre o que ele deseja ver!

2. Lance um blog agora mesmo

O blog é uma das melhores formas de atração de tráfego orgânico e é uma forma de criar uma autoridade no segmento que pretende trabalhar. Se o seu negócio for um empresa de nicho a utilização do blog pode ser melhor ainda já que o conteúdo construído por você será único.

Se você ainda não tem um blog, pode estar perdendo verdadeiras oportunidades.

3. Oculte os cookies de retargeting por 45 segundos

Retargeting é uma das melhores formas de ativar os seus usuários. Porém, você ainda pode dar um upgrade ao utilizar esta segmentação, fazendo o seu cookie de retargeting disparar após 45 segundos. Este é um tempo razoável para você filtrar os interessados no seu site e que ficaram um bom tempo navegando pelo seu site.

4. Crie um curso ou uma ferramenta gratuitamente

Um dos modos mais fáceis de captar leads é oferecer cursos e ferramentas que sejam atraentes para o seu público-alvo.

Desta forma, sempre disponha de uma oferta poderosa para dar o visitante um motivo forte o suficiente para que ele esteja disposto a compartilhar o seu contato e fidelizá-lo.

Opte, inclusive, por ferramentas úteis ao dia a dia do target como calculadoras, planilhas e checklists.

5. Ofereça um webinar no registro de e-mail

O webinar é um dos canais que tem se destacado nos últimos tempos como uma técnica de growth hacking que vale a pena a investir.

Um webinar com tema poderoso é capaz de captar emails e dados relevantes dos clientes e este pode ser um primeiro contato importante para uma conversão posterior.

6. Registre o maior número de e-mails possível

O email marketing ainda é uma das principais ferramentas para venda e relacionamento digital.

Criar uma lista de e-mails é importantíssimo para ter sucesso, afinal, este canal permite um contato muito mais pessoal do que por outros meios.

Além disso, existem muitas estratégias como fluxos e automatização de emails que podem trazer resultados muito melhor que o esperado.

7. Use o Gmail Ads para roubar clientes dos concorrentes

É possível criar uma segmentação do Gmail Ads para mostrar seus anúncios apenas para quem recebeu um email do seu concorrente ou mesmo que tenha recebido emails cuja palavra-chave seja relacionada ao seu segmento.

É possível ter muito êxito e um apelo de performance com este tipo de anúncio.

8. Otimize o SEO do seu site para pesquisas orgânicas

Para ser encontrado é essencial fazer o trabalho base e fazer todas as otimizações de SEO conforme as orientações do Google.

Este hack pode ajudar a você aparecer na primeira página do Google, atraindo um tráfego relevante para seu termo de pesquisa.

9. Adicione campos de formulários ocultos

Quanto mais informações sobre o lead tiver, concorda comigo?

Porém formulários longos aumentam a probabilidade da rejeição ao preenchimento.

Uma técnica de Growth Hacking, para ter mais informações sobre o lead sem fazer ele escrever é parametrizar a URL de forma tirar informações sobre região, campanha ou mesmo interesses do lead que o fizeram chegar a sua landing page.

Dessa forma você tem dados melhores para trabalhar a segmentação de email, sem perder leads por conta do formulário.

10. Crie webinars automatizados

A mágica de um webinar automatizado é que depois que você tem o esforço inicial para criar a estratégia e operacionalizar toda a automação de marketing, nunca mais terá um trabalho tão grande quanto da primeira vez.

Você pode criar uma landing page de captura de emails, gerar um fluxo de nutrição e preparar uma série de emails para converter seus clientes.

A automação de webinars é a mesma técnica de growth hacking usada por exemplo na Fórmula de Lançamento. É uma técnica altamente escalável e que funciona, principalmente para quem vende serviços online.

11. Envolva-se em comunidades

Eu recomendo um engajamento ativo e genuíno em comunidades, online e offline, do nicho que está trabalhando.

Nas redes sociais como o Linkedin e Facebook, e até em sites e serviços mais específicos como Youtube, Instagram e Whatsapp, você pode encontrar comunidades com interesses em comuns ao seu negócio e que podem ser uma fonte importante de tráfego e conversão.

Só um cuidado para não ser um peixe fora d’água e apenas replicar seu conteúdo ou ter um envolvimento estritamente comercial.

12. Use caixa de captura de email no topo e CTA na rolagem de um conteúdo

Pop-up de entrada costumam ter uma baixa conversão e em alguns casos irritam os usuários.

Embora para algumas pessoas o pop-up na abertura do site funcione bem, eu não gosto muito dessa abordagem.

Na minha experiência pessoal eu fecho o mais rápido que posso qualquer pop-up, mesmo sem ler nada.

Para uma boa experiência do usuário e aumentar a conversão da sua lista de email, adicionar uma caixa de captura de email fixa no topo e um CTA de captura de emails na altura de 30% do conteúdo, são as melhores alternativas para maximizar resultados.

13. Dirija o tráfego virtual para páginas específicas

Um erro comum no marketing digital é pagar anúncios com link para a página inicial do site.

E esse erro é comum em grande parte das campanhas digitais.

Se você tem um e-commerce, direcione seu cliente para páginas de categorias de produto correspondente com busca e não para a home.

Invista no tráfego para páginas fim, de destino, e melhore o fluxo de leads.

14. Crie páginas de destino separadas para cada grupo de anúncios

Os grupos de anúncios são importantes para segmentar a sua pesquisa e também direcionar o seu potencial cliente para a página correta.

Assim como a dica acima, não leve ele para a home. Você pode fazer melhor que isso!

Outras ideia, todo mundo tem concorrentes, certo?

Você pode atrai-lo facilmente e mostrar porque sua empresa é a melhor com uma landing page específica.

Quando um potencial cliente procurar por comparação entre sua empresa e o concorrente, você pode levar ele para esta página criada por você, onde você tem possa explicar o porque ele deve optar pela sua empresa.

Um ótimo exemplo é esta página criada pelo Amplitude comparado ao Mixpanel.

Landing Page segmentada da Amplitude mostrando porque eles são melhores que o concorrente Mixpanel

Se o seu negócio atende a mais de um grupo, procure segmentar o máximo possível, direcionando cada um deles para uma página diferente que atenda a necessidades específicas.

15. Use as hashtags nas redes sociais

As hashtags ainda estão vivas e são excelentes chamarizes quando bem utilizadas.

Utilize para ganhar alcance e fazer com que pessoas interessadas encontrem posts ou fotos iguais como os que você criou.

Não deixe de experimentar!

16. Crie um “midia kit” de divulgação

Está trabalhando com parceiros em outras páginas e sites, ou contratou outras mídias para divulgarem o seu site?

Que tal criar um kit de divulgação como aqueles media kit com as informações relevantes sobre o seu negócio e porque as pessoas deveriam fazer negócio com você.

17. Invista em Guest Posts

Um guest post, ou post convidado, é uma excelente alternativa para atrair tráfego para seu site.

Começar a escrever para outros sites com grande audiência ou autoridades no assunto pode acelerar o crescimento da sua empresa com um baixo investimento.

Não é simples chegar em grandes publicações, mas é possível construir o caminho em publicações menores e de nicho.

18. Monte o CTA de modo que fique claro o que o botão irá fazer

As pessoas querem objetividade para economizar tempo.

Sendo assim, formular um CTA simples e direto, é uma das maneiras mais eficientes de converter seu visitante em lead.

19. Adicione a opção logar através das redes sociais

Tela de cadastro com a opção de Login Social via Facebook ou Google

 

Essa, sem dúvida, é uma das grandes técnicas de growth hacking dos últimos tempos! Hoje em dia quase todo mundo tem um perfil em sites como Facebook e Gmail, ambos com as informações que você precisa do lead.

Geralmente a atualização das informações é bem melhor que em outros meios.

Na hora de entrar em um novo site, por que esgotar o tempo do visitante fazendo digitar tudo de novo se é possível integrar os dados a partir dessas redes?

Além de mais rápido, você ainda quebra a barreira dele ter que criar um novo login e senha, muitas vezes um verdadeiro entrave para a conversão.

20. Trabalhe com Buzzsumo

O Buzzsumo ajuda muito a entender o que é um conteúdo viral.

Você digita a palavra-chave que quer saber e ele te mostra os principais resultados em números de curtidas e compartilhamentos no Facebook, Twitter, Linkedin, Google+ e Pinterest.

Essa é uma técnica de growth hacking muito boa já que oferece uma base para entender que tipo de conteúdo é viral ou não, encurtando o caminho de testes e otimizando sua estratégia de marketing digital.

21. Sempre use o planejador de palavras-chave do Google

Essa dica é básica, mas é ouro.

O planejador de palavras-chave do google permite que você faça uma pesquisa quantitativa sobre o interesse dos usuários sobre determinado tema e palavra-chave, antes de investir e criar conteúdos ou fazer campanhas de SEM.

Explore o planejador sempre para pesquisas de conteúdo, lançamento de novos produtos, benchmark, analise de tendências e outras oportunidades.

22. Crie um concurso nas redes sociais

Eu já vi muitos fazendo, porém poucos tem sucesso.

Mas quando tem sucesso ai potência viral dá todo o sentido para o teste.

Para este potencial viral vir a tona é importante uma mistura de criatividade, segmentação da audiência e, claro, o desejo pelo prêmio.

23. Invista no marketing de afiliados

O marketing de afiliados está em crescimento no Brasil.

Ele é uma boa opção para atrair leads e potenciais clientes.

A sua principal vantagem é a escala. Você pode escalar suas vendas de forma acelerada sem um custo de midia gigante como acontece nas campanhas PPC. Para tanto, é necessário traçar boas estratégias e nutrir os afiliados.

24. Crie apresentações no Slideshare que direcionamento o tráfego

Todo mundo deveria fazer isso.

Pegue um conteúdo interessante e bastante pertinente ao seu público e o transforme em um keynote ou powerpoint para distribuir no Slideshare.

Este formato pode ser usado para ganhar relevância em SEO e também, dependendo do seu negócio gerar uma interação com o lead com um diferencial frente a outros formatos mais comuns na internet.

25. Veja pelo menos 100 perfis por dia no LinkedIn

Quer ter visibilidade?

O Linkedin é uma ferramenta poderosa e ainda mal explorada.

Invista na visualização de perfis no LinkedIn, pelo menos uns 100 por dia. Só com esta iniciativa simples pode gerar um alto awareness para seu negócio ou marca pessoal.

Isso é um trabalho penoso, por isso eu recomendo utilizar algumas extensões que aceleram este processo, como o Chrome Linkclump.

26. Reposte partes específicas do conteúdo no Facebook

Você já postou um conteúdo? Ótimo.

Mas por que não reaproveita-lo e testar novamente, só que dessa vez segmentado para um perfil diferente.

É muito pouco esforço para um resultado que pode ser interessante.

27. Invista no conteúdo do LinkedIn

Uma das redes sociais melhor direcionadas da atualidade, sem dúvida, é o LinkedIn.

Este é um dos canais mais qualificados para atingir o mercado de profissionais e B2B.

Quem é um profissional sério e atualizado que não utiliza o Linkedin? As pessoas já estão lá e agora as ferramentas para divulgação de conteúdo também.

28. Comente outros Slideshares

Seja visível: Conheça outros slideshares para ter ideias e aproveite para comentá-los.

No final das contas todo mundo que posta um conteúdo espera um feedback e comentar gera uma empatia positiva para você ou sua empresa.

29. Valide novas ideias com páginas de destino

Quer testar um novo produto, ideia ou mesmo uma nova função para algo que já existe.

Antes de começar a desenvolver, faça um teste criando uma landing page, tentando vender sua proposta. Quantas pessoas acessaram, quantas se interessaram, qual foi o feedback obtido?

Essa técnica vai te poupar tempo e dinheiro que você pode investir muito bem em outras coisas.

Caso a ideia for validada vá em frente, do contrário, volte para a prancheta.

30. Peça informações de modo progressivo

Eu não conheço ninguém que goste de preencher formulários na internet. Você conhece?

Nada é mais desmotivador para um usuário do que ter que preencher inúmeros dados.

A melhor forma de ter um cadastro completo é fragmentar as informações importantes e solicita-las de forma progressiva.

Dessa forma você consegue aumentar sua taxa de conversão sem desinteressar o usuário.

31. Crie uma página de negócios no Google

Exemplo de busca com o Google Meu Negócio mostra o Bar Samba na lateral direita da pesquisa do Google

As páginas de negócios do Google são importantes porque servem como um hub para todos os outros serviços do Google como o Youtube.

O futuro das páginas de negócios do Google+ ainda é nebuloso, mas se tratando do buscador com 98% de uso no Brasil, melhor não arriscar.

porque por vezes aparecem em destaque na primeira página do buscador quando alguém busca pelo nome da sua empresa.

Atualmente a maior importância de ter uma página de negócio é vincular a localização da empresa na listagem do Google Business.

Assim, quando alguém pesquisar pelo nome da sua empresa, por vezes sua página, fotos e todas as informações postadas ficarão em destaque na primeira página do buscador.

32. Aplique um CTA no topo do seu site

Também conhecidas como Hello Bar, são aquelas barras superiores fixas com um Call to Action.

Esta técnica de growth hacking é um jeito eficiente de converter visitantes.

Em todos os negócios que já trabalhei ela funciona muito bem tanto para para desktop e celular.

33. Utilize banco de imagens

Todo mundo adora fotos.

Elas são um importante recurso visual que colaboram com a leitura dos artigos, deixando-os mais leves.

Porém é importante ficar atento se existe alguma regra de referência Creative Commons ou mesmo se os direitos autorais são reservados.

Neste caso converse com o autor para tomar a atitude de retirar a foto do seu site o quanto antes, ou mesmo dar os créditos para o seu criador.

34. Aposte em divulgação com influenciadores

Essa é a nova aposta da internet e que extremamente promissora.

É uma releitura dos antigos especialistas (celebridades, artistas, jornalistas, etc) e do endosso da marca.

Os criadores de conteúdo, experts em suas áreas e com uma audiência considerável são considerados autoridades e chamados de influenciadores.

Para explorar este mercado é importante abrir com uma relação honesta, sem buscar levar vantagens. Pago ou não pago existem possibilidades para se trabalhar com eles, vai do seu budget e prazo.

35. Transforme tweets e posts populares em Pins

A reciclagem de conteúdos é sempre útil tratando-se de marketing digital.

Você escreveu algo poderoso no Twitter? Por que não fazer dele uma imagem e postar no Pinterest, Instagram, Facebook e Stories.

Entre as técnicas de growth hacking transformar tweets e posts em Pins no Pinterest é uma excelente forma de reutilizar um artigo, ou partes dele, para um novo tipo de público.

36. Teste diferentes caixas de captura de email 

Sabe aquelas caixas de captura de email que em diferentes partes do site com um campo para preencher email?

Elas são importantíssimas para captar novos contatos para sua lista.

As mais comuns são:

  • Barra superior
  • Barra inferior
  • Slide durante a navegação
  • Pop-up na entrada do site
  • Pop-up na saída do site

Não deixe de testar e otimizar!

37. Aproveite a página de destino acrescentando um CTA

As pessoas entram no seu site e saem sem comprar, se cadastrar ou entrar em contato?

Facilite o momento da conversão!

O quanto mais destacada e clara for a ação que você deseja seus visitantes tomem, maior será sua taxa de conversão.

Não precisa ter medo de parecer desesperado ou mesmo deixar óbvio a ação que você deseja que eles façam.

Teste diferentes chamadas e um CTA claro para a sua ação.

38. Opte pelo uso de modelos de páginas de destino de alta conversão no início

Por que começar do zero se hoje já existem muitos modelos de página de alta conversão?

Opte por utilizar tais modelos como base e vá melhorando a estrutura da sua página de destino conforme o tempo e o aprendizado sobre seus leads.

39. Deixe sempre o comprimento da sua página de destino proporcional ao tamanho da oferta

Você prefere páginas longas ou curtas? Qual o melhor formato de uma página de destino?

Com certeza é a estrutura proporcional ao seu objetivo de conversão.

Se o seu site deseja obter apenas o e-mail do lead não é necessário uma página gigantesca, pelo contrário uma página longa pode até atrapalhar.

Leve isso sempre em consideração.

40. Trabalhe com um instrumento viral

Ser viral é o grande desejo de 99% dos negócios.

Ser divulgado através pelos seus próprios clientes e possibilidade de crescimento exponencial, quem não ia querer?

Para criar o seu instrumento viral, ofereça um valor (que não precisa ser monetário) para o seu cliente de forma estimular o compartilhamento e as novas inscrições.

41. Lance produtos no melhores dias da semana: Terça e Quarta!

Você sabia que terça-feira e quarta-feira são consideradas como os melhores dias para postar nas mídias sociais?

Seja a publicação de uma oferta, anúncio ou até mesmo artigo, na dúvida, priorize estes dias para maximizar suas visualizações.

42. Adicione uma opção negativa para fechar um pop-up

Você acha os pop-ups irritantes? Você não está só.

O pop-up interrompe a navegação, por isso ele é tão irritante e por vezes invisível para seus visitantes.

Quando uma pessoa visita o seu site e abre um pop-up uma das primeiras coisas que ela procura é o X na lateral superior direita para fechar e seguir navegando.

Aquele velho “X” na hora de fechar o pop-up pode ser bom, mas em mostrar uma opção negativa como “Eu não gosto de descontos” tem sido ainda mais eficiente para gerar resultados.

43. Produza conteúdos

O marketing de conteúdo é a base para ser bem sucedido no tráfego orgânico.

Você precisa produzir bons conteúdos (qualidade acima de tudo) para ganhar o respeito do Google.

Uma das técnicas de growth hacking mais conhecidas, simples e eficientes é esta: Produza conteúdos!

Considere as metodologias SEO e inbound marketing, e invista pesado na produção de peças pertinentes e interessantes para o seu público. Além de atrair e reter, este é o melhor meio de converter e crescer.

44. Papéis de parede e outras iscas digitais

Dependendo do seu nicho, você pode encontrar formas menos convencionais de gerar leads.

Ofereça materiais como papéis de parede para celular ou desktop, curso digital e outras iscas que são simples que são formas simples de se oferecer uma troca, seu material pelo contato do visitante.

45. Coloque depoimentos nas páginas de destino

Sempre que eu leio uma opinião real sobre um produto ou serviço me sinto mais confiante em utilizar. Isso acontece com você também?

Ter o feedback do seu cliente nas páginas é uma ótima maneira de aumentar sua conversão.

Além de tornar seu negócio mais próximo do cliente, ele pode ser a diferença entre a credibilidade e a desconfiança.

46. Trabalhe com um testador de título

Quando você vai decidir o nome de um filho, escolhe o primeiro que vem a sua cabeça ou pensa em várias opções?

O mesmo trabalho de pensar bastante, escrever opções e pensar com cuidado devem ser utilizados para o seu conteúdo e headline das landing pages.

Mas eu mesmo não acredito que só pensar muito resolva, se é que você me entende.

RG com nome estranho, ruim de falar e pior ainda de lembrar

Quer uma manchete impactante e atrativa para o seu conteúdo? Está em dúvida se aquele título que foi criado atende as expectativas? Verifique! O testador de títulos é um recurso indispensável entre as técnicas de growth hacking.

47. Crie listas no Twitter

Ganhe visibilidade no Twitter criando listas e adicionando pessoas sempre de modo organizado e otimizado para futuras publicações.

48. Também abra espaço para os chats no Twitter

O Twitter é um dos canais que mais agregam para as marcas e páginas.

A partir dele é possível construir valor e aumentar o engajamento com os internautas, sendo uma opção interessante para estimular o contato.

49. Use a opção “locais” no Google AdWords

É bem possível que seu público-alvo não seja o mundo inteiro.

Nesse caso segmentar suas campanhas de links patrocinados para o público que converte é o mais indicado para obter melhores resultados.

50. Lembre-se de sempre mencionar pessoas

Vai citar um conteúdo, uma fala ou um exemplo de outra pessoa?

Lembre-se de citá-la na publicação, mencione e não se esqueça de avisa-la para ganhar suporte na sua divulgação.

Sempre que fizer isso vai ganhar empatia da pessoa que mencionou e pode desta forma iniciar um bom relacionamento.

51. Adquira palavras que estão ao redor de eventos

Todo segmento possui suas feiras e eventos principais ao longo do ano e, mesmo que você não esteja fisicamente no lugar, é completamente viável atingir o público interessado comprando palavras-chave relacionadas.

Esta é uma excelente forma de filtrar seu target e garantir uma boa conversão, principalmente nos negócios de nicho. Invista!

52. Também invista em offline Ads

Campanhas que atinjam grandes públicos e massas fora da internet também são consideradas excelentes técnicas de growth hacking e têm sido veementemente utilizadas por empresas que são renomes dentro e fora do ambiente virtual.

Porém, tome cuidado com o seu orçamento de marketing. As métricas de ações offline são mais complicadas e podem gerar confusão na hora de medir os resultados.

 

Ativação

53. Provas grátis: Uma das melhores formas de ativar

Sabe aquele período gratuito para acessar um sistema?

Ele também é uma técnica growth hacking e é considerado uma das de maior sucesso!

Isso porque ele retira a barreira da desconfiança e coloca seu produto como garantia de que vale a pena.

Serviços online como o Netflix são um dos maiores exemplos de como esta abordagem é um sucesso. As vezes você talvez nem precise, mas depois de experimentar, fica difícil voltar atrás.

54. Use suas listas de e-mail por segmentos como Facebook

Se você reparar por um instante, o Facebook é extremamente segmentado por idades, costumes, etnias e etc.

isso ajuda muito a escolher cuidar dos seus contatos e segmentar campanhas de marketing.

Que tal fazer isso com a sua lista de e-mail também? Assim você consegue direcionar melhor cada mensagem e campanha enviada!

55. Por falar em Facebook, interaja!

Responder aos leads que compartilham seus conteúdos com um agradecimento, dar a devida atenção a suas dúvidas e mensagens inbox.

Tudo isso além de básico, também classificará melhor o seu negócio.

56. Use pop-ups de intenção de saída

Pop-up de saída que pede para Não abandonar o site e se cadastrar na lista de email

Imagine que o seu lead está pronto para fechar a sua página e de repente lhe aparece uma oferta, uma proposta de última hora realmente interessante a ponto de convencê-lo a ficar mais um pouco ou terminar a compra.

Esse pop-up de saída é um dos mais eficazes, mas use com cuidado.

Ele pode ser bom ou um veneno para o seu negócio.

57. Mande mensagens de texto baseadas em ações

Não, o SMS não morreu.

E o melhor, pouca gente utiliza, ele é barato e as taxas de aberturas de SMS são de 98%, portanto nada melhor do que explorar com esta ferramenta.

Automatize mensagens de acordo com a participação do seu lead nas suas campanhas.

58. Trabalhe com o remarketing social

O remarketing é uma das ferramentas mais poderosas para converter visitantes em clientes.

Usar esta técnica nas midias sociais como Facebook, Instagram e Twitter é um jeito inteligente e de baixo custo de converter ainda mais.

59. Use sempre tags personalizadas em páginas de destino

Você se sente mais interessado em ler uma página que fala sobre esportes de uma maneira geral ou uma página que fala sobre seu esporte favorito e ainda traz em destaque as notícias do seu time?

Se você tem informações sobre o seu lead as use para criar páginas personalizadas.

Em alguns casos estas páginas personalizadas aumentaram a conversão em 115%.

60. Use métricas de dados

Para um growth hacker é fundamental entender o que está dando resultado e o que não.

Dessa forma experimentos podem ser realizados para aumentar a conversão e colocar os esforços naquilo que tem funcionado bem.

Saber quais métricas focar, onde conseguir e como analisar fazem parte do Marketing Analítico, uma competência fundamental para qualquer profissional de marketing digital e growth hacking.

61. Procure conversar com seu público enquanto online no seu domínio

Trabalhar com o acionamento de pop-ups baseados em eventos de javascript é outra técnica de growth hacking que merece atenção.

Você pode abrir um chat, sugerir uma oferta ou mesmo dar aquele empurrãozinho para a conversão.

Aqui não tem segredo: teste as possibilidades até encontrar o que funciona para você.

62. Sempre use nomes na sua linha de assunto

Usar a “tag de nome” dos provedores de e-mail também aumenta as taxas de abertura, principalmente, ao acrescentar um nome de usuário a linha de assunto.

Explore tal possibilidade.

 

Retenção

63. Sempre surpreenda o cliente

Quem não gosta de comprar onde se sente uma pessoa querida e um tanto VIP?

Eu adoro quando faço uma compra e não me sinto só mais um número.

Para tanto é indispensável investir no encantamento do lead.

Que tal surpreendê-lo com o envio de um material diferenciado e bem de acordo com os assuntos que ele mais acessa na sua página? Além dessa, há muitas outras opções, parta do principio, se você fosse o cliente, o que tornaria sua experiência única?

64. Disponha de um CTA secundário na página de agradecimento

Um potencial cliente acabou preencher o formulário de captura e está pronto para baixar o seu conteúdo.

Legal, mas você ainda pode fazer melhor. Surpreenda!

Na página de download, ofereça algo novo através de um call-to-action e estreite o relacionamento com ele.

65. Deixe os campos do formulário pré-preenchidos

Uma das coisas que afasta o lead do preenchimento de formulários é o excesso de dados para preencher.

Desta forma, trabalhar com campos pré-definidos é a solução para que ele não desista e vá até o fim.

66. Use atualizações de conteúdo

Seu site tem um bom conteúdo, que é responsável pelo seu tráfego orgânico e atrai muitos visitantes e leads para a página.

Sabia que é possível aumentar o potencial deste conteúdo de tempos em tempos?

Uma das possibilidades é você atualizar seu conteúdo com uma data atual, adicionando pontoos relevantes que podem acrescer mais visibilidade ao seu conteúdo.

Outra excelente ideia é dar um upgrade no conteúdo. É um jeito simples e rápido de aumentar o tráfego, através da extensão de algo que já deu certo antes.

67. Envie um e-mail no estilo “Opss! Esqueci o link!”

Está trabalhando com a automatização de e-mail? Ótimo! Porém, não deixe que seu lead saiba disso!

Incorpore na sequência de e-mails alguns erros humanos como esquecer o link.

Isso torna sua comunicação mais real e pode converter bons resultados.

68. Envie e-mails com tom pessoal

Nada pior para o lead do que receber e-mails endereçados com nomes empresariais.

Eu deteste falar com empresas e aposto que você também.

Perdendo o tom de pessoalidade, a dica é investir em e-mails completamente personalizados, que tratem pelo nome, que não falem no plural e que nem tenham um tom formal demais.

69. Faça testes A/B

Em marketing digital, fazer testes A/B é realmente importante para entender o que o seu público espera da sua página. São várias as opções deste tipo de teste.

Existe uma fórmula fácil para escolher os seus primeiros experimentos. Que testes são mais fáceis de fazer, demoram menos tempo e tem o maior potencial. Faça a média destes três fatores e comece a testar os que tiverem a melhor nota.

Se é sua primeira vez, recomendo seguir este guia para começar a fazer testes A/B.

70. Otimize sua agenda de posts

Qual o melhor horário do dia para encaminhar mensagens e fazer publicações direcionadas para o seu público-alvo?

Ter uma programação detalhada neste sentido aumentará o tráfego e o retorno de todo o negócio.

71. Faça da sua página 404 uma página de destino

Eu detesto buscar algo em algum site e ser direcionado para uma página 404 – aquelas páginas que avisam que o conteúdo não foi encontrado.

Mas de vez em quando sou surpreendido positivamente com uma página 404 que vai além e torna uma experiência ruim em algo positivo.

Página 404 do site ModCloth que utiliza CTA para direcionar os visitantes

É possível converter seu visitante até nessas páginas.

Acrescente um CTA, convide o lead a baixar um conteúdo, direcione-o a um formulário e assim por diante.

Aproveite a oportunidade para surpreender.

72. Use uma sobreposição de entrada

Uma das técnicas de growth hacking que tem ganhado as páginas virtuais são as sobreposições de entrada, caixas de texto com opções interessantes e que geralmente convertem com poucas palavras e um CTA atrativo.

73. Adicione sua foto na imagem do Google+ para aumentar as taxas de abertura

 

Outra técnica de growth hacking importante é tornar a sua conta Google+ mais pessoal através da adição de uma foto no perfil.

Acredite, isso aumenta as taxas de abertura do e-mail uma vez que o lead sabe quem está lhe mandando a mensagem.

74. Crie campanhas de nutrição de lead

Vá nutrindo seus leads aos poucos, gota por gota, direcionando-o pelo funil de vendas sem que ao menos ele perceba esse andamento.

Encaminhe e-mails despretensiosos e vá criando laços enquanto os nutre.

75. Prefira enviar e-mails no horário comercial

Caso o contatos da sua lista de email não estejam todos no mesmo fuso horário é possível usar o recurso Timewarp do Mailchimp que verifica onde o lead está e envia no horário do fuso dele. Legal né?

 

Rentabilização

76. Invista em um CTA nos botões de seus emails

Uma alteração bastante simples que ajuda a converter mais são os botões em formato de CTA, ao invés de links nos corpos de e-mail.

Essa é uma mudança simples e uma técnica de growth hacking que pode fazer a diferença.

77. Crie e-mails com uma estruturação prévia para que seu púbico repasse para o responsável

Seu lead não é o tomador final de decisão do negócio? O lead precisa da aprovação de chefes, gestores e diretores antes de contratar seus produtos e serviços? Que tal auxilia-los, então, encaminhando e-mail com a mensagem predefina para posterior repasse? Eles agradecerão e os números, com certeza, melhorarão!

78. Ofereça descontos extras

Você deseja estar mais engajado com o lead e que este o acompanhe em outros canais?

Que tal lhe oferecer um desconto extra pela curtida na página do Facebook ou por segui-lo no Twitter. Isso com certeza lhe trará excelentes resultados!

79. Observe o abandono de compras no carrinho

Se você tem uma loja virtual e não acompanha o abandono de carrinho está perdendo uma excelente oportunidade de saber o que o seu lead/cliente espera de você.

Sempre que possível, procure entrar em contato para saber o motivo deste abandono.

80. Envie um pós-webinar e parte de eventos por e-mail

Sabe os leads que não participaram do webinar ou evento? Uma pena certo?

Mas você tem como dever mostrar um pouco do que eles perderam.

A dica é mandar um e-mail, um balanço geral, sobre o que aconteceu junto a um CTA secundário que pode fazer com que o lead avance pelo funil de vendas, mesmo sem ter participado do evento.

81. Trabalhe com o marketing focado em “leads quentes”

Sabe aqueles leads que são mais engajados? Voltam sempre, respondem e-mail e assim por diante?

Eles são seus leads quentes e merecem ser tratados de modo diferenciado no seu processo de automação de marketing.

82. Destaque o produto

O produto pode algo físico ou virtual como um ebook ou software.

As vezes esquecemos disso, mas coloca-lo em destaque e até criar uma embalagem virtual é uma técnica de growth hacking para destacar o produto e gerar bons resultados.

83. Remarketing com base na lista de e-mails

Outra dica de técnicas de growth hacking voltada ao reaproveitamento de público.

Carregue suas listas de e-mail no Facebook e Google AdWords, depois segmente seus anúncios com base nos seus leads.

84. Use pontuações de páginas

Trabalhe com algumas métricas predeterminadas para segmentar o seu público e lhes oferecer conteúdo diferenciado conforme as características pessoais. Um exemplo de como fazer isso é atribuindo valor as páginas.

85. Segmente sua lista de e-mail

A segmentação da lista de e-mail é um dos passos mais importantes tratando-se do marketing digital.

Pontapé inicial para vender bem e vender mais, é o momento que determina como seus leads serão tratados, respeitando a personalidade de cada um bem como suas referências.

E para segmentar é essencial saber alguns dados comportamentais, certo?

86. Lacre o seu carrinho de vendas

Para melhorar os resultados e ter um menor índice de abandono do carrinho é importante aplicar uma técnica growth hacking simples e direta:

Lacre o carrinho!

E o que seria isso?

Retire todas as opções e botões da página do carrinho e permita que o cliente tenha apenas um foco: Concluir a compra.

87. Saiba usar o gatilho da escassez

Você sabia que o ser humano tem a tendência a desejar mais algo que já está acabando?

Afinal, se são os últimos itens é bastante provável que o produto teve uma excelente aceitação, tendo saído rapidamente das prateleiras.

Explore este gatilho!

 

Indicação

88. Permita que qualquer parte do seu conteúdo seja compartilhada

aplicativo tooltipster permite que o lead compartilhe qualquer parte do conteúdo publicado, ideal para quem quer ter visibilidade contando com a ajuda do leitor que, é claro, compartilha apenas aquilo que mais lhe chamou a atenção em sua própria rede social.

89. Use o Google Analytics para determinar as top-referências

Quem está referenciando o seu site no ambiente virtual? Descubra isso no Google Analytics seguindo essas instruções:

“Aquisição -> Todos os tráfegos -> Referências” e pronto!

Se você observar que certos endereços estão referenciando com maior frequência a sua página, que tal fazer um contato para melhorar ainda mais essa indicação, fomentando laços?

90. Use programas de recomendação

Libere vantagens exclusivas para os internautas que recomendam a sua página para seus amigos seja através das redes sociais ou por e-mail.

91. Use o Mention e saiba quem esta falando da sua marca

Sua empresa foi referenciada em uma página ou sua palavra-chave foi usada. Sabe como você fica sabendo instantaneamente isso?

Através do Mention, um recurso que avisa sempre para que você fique por dentro de tudo.

92. Peça feedback com o auxílio da HackerNews

O feedback é um processo muito importante dentro das organizações, sejam elas pequenas ou nas maiores.

HackerNews, da YCombinator, oferece uma grande quantidade de opções a serem trabalhadas que tem como característica o aumento do tráfego.

93. Envie presentes para os melhores leads

Uma forma de encantar o lead e levá-lo a recomendar a sua página é a partir do envio de presentes e lembranças.

Escolha o 1% mais top da sua lista de engajamento e presenteie.

Os resultados são verdadeiramente bons!

94. Crie valor a longo prazo

Lembre-se que o lead só irá indicar sua página, conteúdo ou produto se perceber nele alguma capacidade de gerar valor a longo prazo. Invista!

95. Solicite que o lead compartilhe os conteúdos

O visitante chegou até o seu formulário, preencheu as informações e se converteu. Que tal agora lhe dar a opção de compartilhar o conteúdo? É incrivelmente grande o número de leads que aceitam a sugestão e colaboram com a expansão do conteúdo.

 

Cases de sucesso para se inspirar

96. Airbnb e a estratégia de usar uma rede já existente

A Airbnb ganhou milhões de novos usuários ao traçar sua estratégia junto a Craiglist. Através de um link no site, os usuários chegavam até a página da empresa conhecendo assim suas praticidades e opções, conquistando novos clientes desta forma.

97. Dropbox e o incentivo a convidar amigos

Um clássico exemplo tratando-se da expansão de uma rede é o case da Dropbox que motivou seus usuários a convidarem seus amigos a se inscrever, concedendo um espaço extra de 500MB a cada um deles.

98. Hotmail e a nota Ps – Eu te amo

A grande expansão no número de usuários do Hotmail na década de 90 se deve a uma sacada estratégica da empresa em adicionar uma nota ao término da mensagem escrito “PS – Eu te amo”. Ao clicar na nota a pessoa era redirecionada a homepage do Hotmail podendo assim criar a sua conta.

99. LinkedIn e o perfil público

O LinkedIn multiplicou em 100x o número de inscritos ao disponibilizar que o perfil do usuário aparecesse na página de respostas dos mecanismos de busca ao ter o nome da pessoa pesquisado. Outra belíssima estratégia também!

100. Twitter e a reconstrução de seu layout

Por fim, o Twitter percebeu que apesar do alto número de novos inscritos poucos se mantinham ativamente na conta. A fim de mudar este quadro, a empresa modificou seu layout levando em conta as preferências do usuário e conquistou um maior engajamento.

Gostou das dicas e técnicas de growth hacking que foram apresentadas neste artigo? Quer receber primeiro os novos conteúdos que serão publicados sobre este tema? Cadastre-se agora mesmo na minha Lista VIP e não perca nenhum novo artigo!